Apesar de pouco comum no Brasil, o hábito de permanecer sob o calor de uma sauna é corriqueiro em países mais frios e, de acordo com um recente estudo, pode até melhorar sua saúde física e mental.

Sauna faz bem e protege o coração e o cérebro

Segundo uma pesquisa feita pela Universidade da Finlândia Oriental, fazer sauna pode evitar doenças cardíacas, derrame e até mesmo reduzir os riscos de Alzheimer. O trabalho científico levou em conta dados obtidos através de estudo com 20 anos de duração, com mais de 2 mil homens.

 

A conclusão foi observada após os participantes serem divididos em três diferentes grupos, de acordo com a frequência com a qual normalmente faziam banhos de sauna. Os pesquisadores descobriram então uma relação entre menores chances de desenvolver as doenças e maior quantidade de tempo sob o vapor quente.

Os homens que frequentavam a sauna de 4 a 7 vezes por semana tinham 63% menos chances de morrer de ataque cardíaco e até 65% menor risco de desenvolver Alzheimer do que aqueles que faziam o banho de vapor apenas uma vez por semana.

Os estudiosos, porém, não conseguiram saber como as doenças estão relacionadas no processo. Para descartar a influência de outras condições no resultado final, dados como diabetes, consumo de drogas, peso e histórico cardíaco dos voluntários também foram analisados.

Fonte: Vix

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *