Você sente que se esforça, trabalha duro, estuda e sempre tem o desejo de aprimorar, mas ainda assim tem a sensação de que todo mundo é bem-sucedido menos você? O mal-estar é bastante comum e, apesar de estar relacionado à vida profissional, pode minar seu ânimo e sua autoestima.

Para não cair na cilada de perceber as coisas de forma equivocada e sofrer seguindo conceitos que nem sempre se aplicam ao seu perfil é preciso ter em mente algumas ideias que, colocadas sob uma análise cuidadosa, ajudam a levar uma vida mais leve e livre de preocupações desnecessárias.

 

Como lidar com o “fracasso”?

1 – O primeiro passo é sair da armadilha de achar que uma carreira supostamente brilhante é tudo na vida. Lembre-se que seu trabalho não define quem você realmente é e que possui inúmeras outras qualidades e possibilidades de mostrar seus talentos e qualidades.

2 – Calma: você não fracassou. É possível que seu tempo de brilhar ainda não tenha chegado, mas ele pode estar próximo. Evite queimar etapas em nome de um sucesso meteórico e tenha paciência para descobrir que pode sim estar construindo algo muito valioso, sem pressa ou estabelecer metas irreais.

3 – Pode parecer banal, mas aprender a ser grato pelo que se tem evita o sentimento de frustração e amplia o de gratidão. Não se trata de falta de ambição, mas sim de uma compreensão de que não deve menosprezar o que conquistou até hoje.

4 – Acredite: uma vida profissional repleta de títulos, prêmios e honrarias não é para todos. Não por uma questão de falta de talento, mas simplesmente por diferenças de personalidades. Reflita se você realmente deseja determinada coisa ou se somente cresceu acreditando que precisa dela.

Fonte: Vix

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *