Esta fibra natural, produzida através da quitina, substância extraída da carapaça de crustáceos, como camarão, caranguejo e lagosta, é comumente encontrada em farmácias e lojas de suplementação alimentar em formato de cápsulas. Se você já ouviu falar do poder emagrecedor desse produto, mas ainda tem dúvidas sobre como consumi-lo, esclareça-as agora e veja se vale a pena incluí-lo no seu dia a dia.

Pode combinar com Outros alimentos!

Essa é a maneira mais indicada para consumir a quitosana: acompanhado de uma dieta saudável e equilibrada e da prática de exercícios. Evitar a ingestão de alimentos gordurosos
e frituras também é aconselhado.

Traz resultados rapidamente?

Isso dependerá da mudança na alimentação. Não há a necessidade de adotar dietas específicas, mas um nutricionista ou um médico nutrólogo poderá auxiliar em um regime correto e equilibrado para trazer os resultados desejados.

Ajuda no processo de emagrecimento!

Diversos estudos comprovaram sua eficácia na perda de peso. Ao entrar em contato com líquidos estomacais, se transforma em uma substância gelatinosa que age
como uma esponja, absorvendo as moléculas de gordura.

Tem contraindicações?

Sem orientação médica, não deve ser consumida por alérgicos a frutos do mar, já que é extraída
dos crustáceos. O uso prolongado também pode modificar a flora intestinal, dificultando a absorção de vitaminas.

 Proporciona benefícios à saúde!

Alguns estudos, entre eles o realizado pela Universidade Federal do Ceará, indicam que além do
emagrecimento, a quitosana pode auxiliar na redução do colesterol ruim, o LDL, e também possui
efeitos cicatrizantes.

,clipping todamulher.com.br

Fonte : DietaJá

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *