Ghee (pronuncia-se gui) trata-se da manteiga clarificada e purificada, livre de todos os seus resíduos lácteos e toxinas da manteiga comum. Além de ser uma delicia para passar no pão , torrada, etc, é excelente coadjuvante em tratamentos para a saúde e muito utilizada nas cozinhas dos grandes chefs.

Embora seja inteiramente preparada com manteiga, suas propriedades, de acordo com Ayurveda, diferem muito da manteiga em si. O ghee é a fonte tradicional de lipídios na alimentação indiana. Em muitos casos, é recomendado usar Ghee na dieta (se você tem problema de colesterol, consulte seu médico antes de usar Ghee). Ghee é um dos óleos de cozimento indicados para o preparo dos alimentos. Assim, como o azeite de oliva, o de côco, o de dendê, a canola entre outros. Sendo uma fonte de gordura, é calórica, entretanto possui um rendimento melhor quando aquecida – para saltear vegetais, por exemplo.

Propriedades
• É muito útil para problemas de infertilidade, baixa imunidade e problemas mentais (epilepsia, perda de memória, etc).
• Desenvolve a inteligência (por causa da sua propriedade ‘sattuic’ e sua ação nos nervos.
• É fonte de vitamina A e aumenta o poder de visão e a voz (porque lubrifica e refresca).
• Fortalece o fígado, os rins e o cérebro (memória).
• É a melhor gordura para o organismo e o fígado.
• É muito útil para inflamações gastro-intestinais, úlceras, febres crônicas com asma, problemas crônicos nos pulmões. Quando o alimento é bem mastigado e a dieta é rica em fibras vegetais a quantidade de muco salivar que é deglutido aumentará, o que ajuda na proteção contra úlceras pépticas.
• Diz-se do ghee que ajuda a equilibrar os humores.
• Na Ayurvédica é utilizada também como emoliente, sendo a base de diversas preparações medicinais.
• Para os praticantes de Yôga, divulga-se como sendo um lubrificante natural, ajudando na flexibilidade para a prática das ásanas.
Como preparar

Fazer o ghee não é difícil nem complicado. Exige apenas um pouco de tempo, pois é necessário uma fervura bastante lenta para que toda a água contida na manteiga evapore. Os pedaços sólidos subam à superfície e o saboroso gosto da manteiga purificada seja enfim realçado.

Coloque a manteiga em uma panela de fundo grosso sobre fogo bem baixo, sem tampar. Retire, de vez em quando, com a ajuda de uma escumadeira, os pedacinhos sólidos (sebos) que formam na superfície.
Para evitar que queime, verifique se a temperatura está suficientemente baixa. Calor em excesso faz com que a manteiga desprenda muita fumaça e se torne marrom, arruinando seu sabor. Se você tem panela de ferro em casa, essa é uma ótima chance de usa-la.

O ghee estará pronto quando estiver cor de âmbar, amarelado, e tão límpido e transparente como uma peça de cristal. Despeje-o então em uma vasilha resistente e deixe-o descoberto à temperatura ambiente para que esfrie.

Depois de frio, o ghee deve ser guardado em recipiente fechado em lugar fresco para que se conserve por muito tempo.

Veja o video com o passo a passo.

Clipping todamulher.com.br

20 comentários para “GHEE – A MANTEIGA QUE CURA

  1. Ghee pode ser utilizado por quem sofre de APLV (Alergia à Proteína do Leite de Vaca)?. Eu já li que pode ser usada por quem sofre de intolerância à lactose, mas não li nada sobre APLV.
    Obrigada,

    • Não deve ser usada para quem tem Alergia a proteína do leite, pois nao se sabe ao fazer a Ghee, o quanto da lactose e proteína sao extraídas.

  2. Vou fazer esta receita em casa, quero dizer, vou tentar. Gosto de me aventurar, cozinhar pra mim é isso, aventura. Com direito a carga de adrenalina na hora de desenformar, tirar do forno ou mesmo provar. É isso aí, darei notícia.

  3. Desculpe dizer mas o Óleo de Canola, é um dos mais perigosos para saúde.
    Ele não provém de planta alguma e é extremamente prejudicial à saúde. É só procurar no Google, que vc acha.

    • Com certeza, segundo o Dr. Drauzo Varella, o óleo de canola é puro veneno. Presta atenção! recomendar um produto num mesmo texto que comenta ser o óleo de canola benéfico, não é confiável, não quero agredir ninguém, mas se você apresenta colesterol ruim alto (LDL), tenha cuidado… Já vi A Bela Gil recomendando, mas tudo é permitido para quem já é saudável …Eu como sofro de ateromas das coronárias não me arrisco… só um lembrete.

  4. fiz e ficou muito boa adorei!!
    eu comprei a nata bati na batedeira até ficar manteiga depois eu derreti ela e ficou como a receita .adorei vou fazer sempre..

  5. No texto fala das gorduras boas citando como uma delas a “canola”. A canola não é considerada gordura boa, muito pelo contrario ela é considerada como veneno, junto com as de soja , girass0l etc… só são boas as de coco, banha de porco e manteiga clarificada

    • Leia de novo, não fala que canola é gordura boa, só fala que é usada pra prepara alimentos, pra fritaa

      “Ghee é um dos óleos de cozimento indicados para o preparo dos alimentos. Assim, como o azeite de oliva, o de côco, o de dendê, a canola entre outros. “

  6. Para fazer o GHEE manteiga clarificada é um pouco trabalhoso, mas tem um jeito fácil. Coloca-se a manteiga numa panela em banho maria, deixe aquecendo, logo a lactose vai formando placas e se depositando no fundo, deixe esfriar um pouco e coloque na boca do frasco uma camada de gaze esterilizada formando um funil, outra camada fina de algodão e outra de gaze, passe a manteiga por esse sistema e terá o GHEE mais puro do mundo. O sistema indiano queima amanteiga.

  7. Com relação ao colesterol mencionado no texto, o colesterol só é problema quando ele está oxidado e baixo, consulte um médico nutrólogo. Veja na internet Dr. Lair Ribeiro / Dr. Karter/ Dr.Ivandélio Sanctus.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *